27 setembro 2007

Macaquinho de imitação

Ontem fui acusado de ser macaco de imitação. Sei que me inspirei num argumento utilizado no texto em que pedia comentários. É verdade, isso de dizer que cortava os pulsos tem direito de autor e não sou eu. Obrigado Namaste!!!

Bem, mais uma noite que chegou ao fim. Só falta fazer a mala e saltar para a cama. Amanhã, ou melhor, hoje o despertador toca (não, não é o telefone. Isso é um programa esquisito que deve dar sono até aos que sofrem de insónias) lá para as seis e meia da matina...

1 comentário:

Perlimpimputas disse...

boa viagem pá, não te preocupes com os macacos, o ultimo que eu vi era presidente do irão e não me parece ser lá muito boa pessoa