11 fevereiro 2009

baralhados

há qualquer coisa que não bate certo. Slumdog Millionaire parece ser aclamado por todos e apesar de saber que os Óscares não são mais do que uma poderosa máquina de marketing, não dúvido que se premeie a qualidade e, como tal, as dez nomeações quererão dizer alguma coisa.

opinião essa que não é partilhada pelos críticos do Público. afinal, os senhores, donos de todo o conhecimento cinéfilo (pensam eles!) foram avassaladores na crítica. um ainda conseguiu atribuir o nível "razoável", mas outros dois limitaram-se a dar um cruel "mau". mais claro não podia ser.

sinto que existe sempre um anticorpo ou outro face a produções maiores. bom é filmar sem meios, porque com eles o mérito é desprezível, pensarão... só assim compreendo algumas críticas. só assim!

nota ainda para, quase um mês depois da estreia, alguns dos críticos, profissionais no visionamento de filmes, ainda não terem visto a mais recente obra cinematográfica portuguesa "second life". cheira-me a discriminação. "como é português não faço questão de ver", dirão. deveria ser ao contrário. com várias sessões por dia não há justificação para ainda não terem visto. deviam ser os primeiros. têm essa responsabilidade. mas não. afinal, o realizador não responde pelo apelido Almodovar ou Wenders...

2 comentários:

Batista disse...

E a culpa é deles? Não será antes de quem lhes dá a importância que não têm?

Sunday Morning disse...

talvez. por isso mesmo vou ao cinema sem pensar no que escrevem acerca dos filmes. mas incomoda a arrogância com que fazem muitas críticas. só isso!