17 abril 2006

Poema de Amor

Hoje li um poema de amor. Sei que o amor nunca morre. Mas também sei que por vezes o amor cansa-se, a chama perde fulgor. O poema fala no quotidiano, na falta de surpresa, na rotina. Sem dúvida que tudo isso pode acontecer. Mas eu sei que o amor é forte, e pode sempre ultrapassar os obstáculos que aparecem no seu caminho.

Sei que sou um optimista por natureza, mas tento sempre que esse optimismo seja sempre dentro da realidade. É por isso que não duvido que por mais dificuldades, contrariedades e obstáculos, juntos podemos ser felizes... porque o nosso amor é forte... e vencerá!

Um beijo grande para ti Namaste!... com muito amor!

1 comentário:

Celina disse...

E vai durar d certeza!!
Espero q sejam mt felizes e q superem todas as dificuldds!!
bjocs, aos dois!!